Dados de imóveis reforçam cautela e dólar amplia alta

SÃO PAULO, 26 de março de 2008 - O dólar, após abrir em alta de 0,35%, cotado a R$ 1,737, inverter direção e cair à mínima de R$ 1,727, há pouco era negociado com alta de 0,75%, vendido a R$ 1,744. Os investidores seguem focados nos desdobramentos da crise imobiliária e de crédito nos Estados Unidos.

O Departamento de Comércio informou, instantes atrás que, as vendas de casas novas nos Estados Unidos caíram 1,3% em fevereiro, a um ritmo anual de 590 mil unidades - o mais baixo em 13 anos. Os dados fracos aumentaram a preocupação dos investidores com a economia do país, intensificando as perdas em bolsas. Nasdaq cheou a cair quase 1%.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)