Chávez diz que economia brasileira pode superar a dos Estados Unidos

Agência EFE

RECIFE - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou hoje que, embora não deseje uma recessão nos Estados Unidos, do jeito que vão as coisas, a economia do Brasil pode superar a do país americano.

- O Brasil é a maior economia latino-americana e poderá ser a maior do continente - afirmou Chávez em declarações que concedeu a jornalistas ao chegar hoje à cidade de Recife para uma reunião com o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva.

- É preciso ver como está a economia americana - acrescentou o líder venezuelano.

Chávez afirmou que, tal como disse Lula, a economia brasileira não foi afetada pela crise nos EUA pelo fato de o Brasil ter conseguido diversificar suas exportações e não depender de um único cliente.

- O Brasil se desprendeu da dependência dos EUA - afirmou o governante.

- Uma recessão profunda (nos EUA) poderia nos afetar, mas temos nossos próprios mecanismos de defesa no (setor) econômico - assegurou o líder venezuelano.

Lula e Chávez vão visitar as obras de uma refinaria binacional, que começou a ser construída em setembro do ano passado pela Petrobras e que receberá como parceira a estatal Petróleos de Venezuela (PDVSA).

Durante a visita, ambos os dirigentes discutirão sobre questões energéticas de interesse para seus países.