Índice sobe 2,34% com blue chips; Cesp cai 21,1%

SÃO PAULO, 25 de março de 2008 - O mercado doméstico foi o principal responsável pela movimentação da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) nesta terça-feira. A bolsa paulista foi influenciada, principalmente, pela valorização dos papéis da Petrobras e Usiminas. Em contrapartida, as ações da Cesp recuaram mais de 20% após o cancelamento do leilão de privatização da companhia energética. Ao final dos negócios, o Ibovespa registrou valorização de 2,38%, aos 61.234 pontos. O giro financeiro somou R$ 5,61 bilhões.

Rumores de mercado apontam que a estatal petrolífera teria descoberto novo campo de petróleo, desta vez no Maranhão. Porém, a assessoria de imprensa da Petrobras negou a informação. As ações ordinárias avançaram 5,77%, enquanto que as preferenciais subiram 5,28%. ´Os papéis avançaram mais de 5% sobre nada concreto´, afirma Nelson Rodrigues de Matos, analista de investimentos do Banco do Brasil Banco de Investimentos (BBBI).

Na noite de ontem, a estatal anunciou o desdobramento de ações, tanto para papéis listados na Bovespa, quanto para American Depositary Receipts (ADRs), listados em Nova York. Será distribuída, gratuitamente, uma ação para cada papel possuído, no próximo dia 25 de abril. Mas, de acordo com o mercado, a notícia não é nova já que a diretoria havia proposto o desdobramento anteriormente.

Os papéis da Usiminas também foram destaque nesta terça-feira. Agências japonesas informaram que a Usiminas e a Nippon Steel estariam interessadas em formar uma joint venture em Cubatão. A notícia animou o mercado e, instantes atrás, os papéis preferenciais série A da companhia subiram 3,9%.

Operando na contra-mão do mercado, as ações preferenciais série B da Companhia Energética de São Paulo (Cesp) despencaram 21,1%, após o cancelamento do leilão de privatização. O leilão foi anulado após os interessados não terem depositado as garantias financeiras necessárias.

Dentre os destaques positivos do Ibovespa estão as units do Unibanco, que subiram 5,83%, a R$ 21,75; Gafisa ON avançou 5,38%, a R$ 33,25; e Klabin PN registrou alta de 5,26%, a R$ 5,80. No sentido oposto, além dos papéis da Cesp, Copel PNB recuou 1,64%, a R$ 28,64; e Lojas Renner ON caiu 1,48%, a R$ 32,61.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o Ibovespa com vencimento em abril registrou alta de 2,21%, a 61.610 pontos

(Vanessa Correia - InvestNews)