Sony Ericsson espera crescimento moderado

SÃO PAULO, 20 de março de 2008 - A fabricante de celulares Sony Ericsson anunciou crescimento moderado nas vendas no primeiro trimestre, o que terá impacto em seu faturamento líquido e no lucro líquido antes de impostos. A companhia tem sido prejudicada nos segmentos de celulares de médio e alto valor agregado devido ao menor ritmo de vendas.

A empresa planeja vender 22 milhões de aparelhos nos três primeiros meses deste ano, com um preço médio de 120 euros. Essa previsão deve resultar em um faturamento abaixo do registrado no primeiro trimestre de 2007 e levando a um lucro líquido antes de impostos de cerca de entre 150 milhões de euros e 200 milhões de euros. Parte da retração nos lucros virá também de investimentos mais intensos em pesquisa e desenvolvimento, para suportar suas ambições de crescimento. As margens brutas, porém, devem se manter relativamente estáveis no primeiro trimestre deste ano, em comparação a igual período de 2007, afirma a companhia.

De acordo com o presidente da companhia Dick Komiyama, no último ano a Sony Ericsson se concentrou na expansão de seu portfólio e em desenvolver sua presença em novos mercados. O presidente afirma ainda que a empresa pretende se tornar uma das três maiores fabricantes de celulares do mundo até 2011.

Para tentar reverter os aspectos negativos no primeiro trimestre, a empresa lançará 15 novos aparelhos e criará uma nova plataforma ao portfólio de produtos, o Windows Mobile. Atualmente, a Sony Ericsson ocupa a quarta posição no mercado, com vendas de 101,3 milhões de aparelhos em 2007, e participação de 8,8% no mercado.

(Redação - InvestNews)