Atividades do setor crescem 16,26%

SÃO PAULO, 19 de março de 2008 - As Atividades Características de Turismo (ACT) geraram, em 2005, um valor adicionado de R$ 131,6 bilhões - que representa um crescimento de 16,26% em relação ao ano anterior. As informações foram divulgadas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nesta quarta-feira, no relatório ´Economia do Turismo: uma perspectiva macroeconômica análise realizada entre os anos de 2000 e 2005´, feito em parceria com o Ministério do Turismo e o Instituto Brasileiro de Turismo - EMBRATUR. O estudo, que tem como fonte o Sistema de Contas Nacionais - SCN, permite ainda a construção de agregados macroeconômicos das atividades características do turismo, de sua estrutura e dos principais indicadores

Formadas principalmente por atividades prestadoras de serviços, as ACT contribuíram com 11% no valor adicionado total do setor de Serviços, enquanto no total da economia a parcela foi de 7,15%. Em conjunto, as ACT foram responsáveis por R$ 134,9 bilhões de bens e serviços consumidos na economia do país e geraram 8.112.888 postos de trabalho, ou 15,10% das 53.730.274 vagas criadas pelo segmento de serviços

Destacou-se a atividade de transporte rodoviário entre as ACT (41,85% de participação e V. A. de R$ 55,1 bilhões), seguida dos serviços de alimentação (19,53% de participação e V.A de R$ 25,8 bilhões), atividades auxiliares de transporte (11,0% de participação e V.A. de R$ 14,5 bilhões); e atividades recreativas, culturais e desportivas (10,03% de participação e V.A. de R$ 13,2 bilhões).

(Redação - InvestNews)