Preços dos alimentos impulsionam inflação no país

SÃO PAULO, 25 de fevereiro de 2008 - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de Hong Kong registrou crescimento de 3,2% em janeiro, em comparação com o mesmo período de 2007, devido a elevação de 15,6% nos preços dos alimentos.

"Os avanços nos custos da energia e dos alimentos levou ao crescimento de Hong Kong, impulsionando as pressões inflacionárias no país", disse o porta-voz do governo.

As nevascas que atingiram a China - e que interromperam o fornecimento de alimentos em janeiro - poderão continuar a impactar nos preços do grupo de despesas em fevereiro.

Os custos dos alimentos em janeiro, excluindo as refeições realizadas fora de casa, subiram 15,6% em janeiro, em termos anuais, com um aumento de 48,2% no preço da carne de porco, 41,4% da carne bovina, 34,7% da carne enlatada, 22,7% dos outros tipos de carne e 20,1% dos vegetais.

Já o preço da eletricidade, gás e água avançaram 7% no primeiro mês de 2008, em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto os bens duráveis declinaram 3,4%.

As informações são da agência oficial Xinhua.

(Redação - InvestNews)