Fibra lucra R$ 100 milhões em 2007, aumento de 41%

SÃO PAULO, 25 de fevereiro de 2008 - O Banco Fibra encerrou 2007 com lucro líquido de R$ 100,7 milhões, o que representa um crescimento de 41% sobre o ano passado e uma rentabilidade anualizada sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) de 20,3%. No 4º trimestre, o lucro foi de R$ 39,9 milhões, representando um ROAE de 30%. 'O bom desempenho da economia contribuiu para a melhor aplicação da nossa estratégia', afirmou em comunicado Osias Brito, vice-presidente executivo corporativo da instituição.

O resultado da intermediação financeira, de R$ 237,3 milhões, apresentou um crescimento de 36,9%, enquanto o resultado operacional, de R$ 130,4 milhões, foi 26,1% superior, quando comparados ao ano anterior.

O patrimônio líquido atingiu R$ 544,2 milhões, um crescimento de 23,5% nos últimos 12 meses, e o Índice de Basiléia do Banco ficou em 13,2%, marca superior ao limite exigido de 11%.

O bom desempenho da instituição teve forte influência das operações de empréstimos, que alcançaram um crescimento de 38,1%, impulsionado pelos negócios junto a empresas, em produtos voltados para capital de giro, fianças, trade finance, financiamento à produção via repasses do BNDES e crescimento dos negócios para o varejo em 63,2%, com foco em produtos de Crédito Direto ao Consumidor, Crédito Consignado e Crédito Pessoal.

(Redação - InvestNews)