Ministro prevê diálogo honesto sobre crise financeira

SÃO PAULO, 8 de fevereiro de 2008 - O ministro de Finanças do Japão, Fukushiro Nukaga, informou hoje que o Grupo dos Sete Países mais Industrializados (G7) discutirá de maneira "honesta" como suavizar o medo da crise financeira global. A reunião entre as autoridades do G7 ocorrerá neste sábado em Tóquio.

Os governantes discutirão os problemas criados pela crise no mercado de crédito subprime ou de alto risco, além do seu impacto sobre as praças acionárias internacionais, visando assim evitar que esta situação se repita. De acordo com Nukaga, é importante trabalhar coletivamente para estabilizar os mercados financeiros e manter a economia global em crescimento.

Na reunião do G7 será conhecido o dano sofrido pelos grandes bancos e serão discutidas medidas para cobrir suas perdas, de modo que os investidores fiquem aliviados. Entretanto, Nukaga ressaltou que as condições de cada país membro do G7 são diferentes, e que cada um deve fazer o máximo para melhorar a situação de sua própria economia.

Também será discutido na reunião como manter o crescimento dos países emergentes, como a China e a Índia. O evento acolherá os ministros de Finanças e os governadores de bancos centrais dos EUA, Japão, Reino Unido, Canadá, França, Alemanha e Itália.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)