Bolsas européias avançam após alta em Wall Street

REUTERS

PARIS - As bolsas européias perdiam força do início da sessão desta sexta-feira, mas ainda exibiam valorização, repercutindo a recuperação em Wall Street na véspera. Enquanto isso, um rali de alta no preço do petróleo ajudava ações do setor petrolífero e papéis de tecnologia recuperavam forças após perdas sofridas na semana.

Às 8h36, o índice europeu FTSEurofirst 300, que engloba as principais ações do continente, subia 0,57%, aos 1.307 pontos. O índice acumula queda de aproximadamente 4% esta semana devido à piora nas perspectivas sobre a economia dos Estados Unidos.

Na quinta-feira, os mercados europeus fecharam em queda depois que o Banco Central Europeu deixou a taxa de juros na zona do euro em 4%, como esperado.

O grupo de construção Sacyr Vallehermoso disparava quase 6 por cento depois que jornal publicou que um grupo francês de bancos e seguradoras está negociando a compra da participação de cerca de 30% do Sacyr na Eiffage.

O aumento nos preços futuros do petróleo para perto de US$ 89 o barril ajudava a impulsionar ações da BP, Total e Royal Dutch Shell , que subiam entre 0,4% e 1,3%.

- O mercado está ficando ciente de que a crise nos Estados Unidos irá de fato ter impacto adverso no crescimento da Europa - afirmou Heino Ruland, estrategista do FrankfurtFinanz, na Alemanha.

- A temporada de resultados trimestrais européia, que na minha visão será boa, não mudará o fato de estarmos numa tendência de baixa.

A Alcatel-Lucent entrou para o grupo de empresas de tecnologia cada vez mais pessimistas, eliminando dividendos e registrando prejuízo em seu primeiro ano como companhia combinada. A empresa ainda citou um cenário econômico incerto.

A empresa teve prejuízo anual de 443 milhões de euros (US$ 647,8 milhões). As ações da empresa subiam 3,6%. Outras ações de tecnologia e telecomunicações se recuperavam ante forte movimento de venda da quinta-feira.