Projeto educa na prevenção de câncer

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - Para ajudar a prevenir o câncer, a Secretaria Municipal de Educação e a Sociedade Brasileira de Cancerologia lançam o "Projeto Crescer Bem - Escolas Promotoras da Saúde".

Assim, no dia 19 de fevereiro de 2008, 19h30, haverá uma solenidade no Palácio Anchieta, em São Paulo, para celebrar a parceria.

Durante o evento, serão distribuídas 100 mil cartilhas para alunos da rede pública de ensino municipal. A cartilha apresenta informações sobre o câncer, prevenção e cura. O material é ilustrado e tem uma linguagem de fácil compreensão.

´Algumas pessoas desenvolvem doenças graves na fase adulta porque não tomaram certos cuidados na juventude. A prevenção e a informação são a melhor forma de combater o câncer e promover a consciência preventiva na população jovem é um grande passo´, afirma, em comunicado, Ricardo Antunes, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cancerologia e diretor do Instituto Paulista de Cancerologia.

Com a parceria entre a Sociedade Brasileira de Cancerologia e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, 41 mil alunos serão beneficiados diretamente com o projeto. ´Estes alunos devem gerar um efeito multiplicador e beneficiar mais de 168 mil pessoas entre amigos e familiares´, complementa Antunes.

A cartilha explica em detalhes o que é o câncer, os sintomas, como a doença pode evoluir e enfatiza que a prevenção é sempre o melhor caminho estimulando a adoção de hábitos saudáveis.

A segunda metade da cartilha é dedicada à prevenção do câncer. O cigarro é o primeiro item abordado nesta parte, com dicas para parar de fumar e evitar o fumo. O consumo excessivo de bebidas alcoólicas também é um fator de risco que facilita o surgimento do câncer. A cartilha recomenda: ´Se você gosta de beber, evite excessos. Beba com moderação, apenas pequenas doses e somente em alguns dias. De preferência, de estômago cheio. Evite o consumo diário.´ O projeto também previne contra o uso de drogas, apresenta dicas de sexo seguro, de como se expor ao sol sem riscos, de manter uma alimentação saudável e estimula a prática de exercícios físicos.

O projeto tem o apoio da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), do Instituto Paulista de Cancerologia (IPC) e patrocínio da BM&F.

(Redação - InvestNews)