Petróleo da Opep cai e é vendido a US$ 84,87 o barril

Agência EFE

SÃO PAULO - O preço do barril de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), em comparação com a jornada anterior, registrou na quarta-feira baixa de 1,55%, e era vendido a US$ 84,87, informou nesta quinta-feira a organização petrolífera em Viena.

A empresa de consultoria especializada em Viena JCB informou que foi registrado um aumento das reservas de petróleo e derivados da commodity nos mercados americanos.

A Agência Internacional de Energia (EIA) disse que o motivo deste aumento surpreendente das reservas nos estoques americanos, que chegou a 7 milhões de barris, se deve ao crescimento das importações, assim como à baixa utilização das refinarias.

Ao mesmo tempo, a JCB acrescentou que as reservas de produtos destilados alcançaram os 140 mil barris, embora estas previsões possam aumentar pelas altas temperaturas previstas para as próximas semanas no nordeste dos Estados Unidos.

O gverno americano comunicou suas intenções de reabastecer parte de suas reservas estratégicas de petróleo (REP) no final de setembro.

Estas reservas equivalem a 11 milhões de barris e foram vendidas pelo gverno às diferentes refinarias após a catástrofe causada pelo furacão "Katrina" em 2005.