Panorama externo dá tônica aos negócios e dólar sobe

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - O panorama externo mais uma vez direcionou os negócios, com o foco voltado para as decisões de política monetária na Europa e indicadores norte-americanos. No fim da manhã, o dólar subiu 0,91%, vendido a R$ 1,769. O leilão de compra do Banco Central, para reforçar as reservas internacionais, ajudou a pressionar as cotações da moeda.

No velho continente, o Banco Central Europeu optou pela manutenção da taxa básica de juros em 4% ao ano. Já o Banco da Inglaterra anunciou no início do dia a redução de 0,25 ponto percentual, passando o custo do dinheiro para 5,25% ao ano, citando as preocupações com as pressões inflacionárias.

Atenção ainda nos dados semanais de auxílio-desemprego nos EUA, que caíram em 22 mil na medição da semana passada. Daqui a pouco, será divulgada a venda de imóveis pendentes em dezembro.

Por aqui, o BC divulga o fluxo cambial. Às 14 horas, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) apresentará a pesquisa de Indicadores Industriais referente ao mês de dezembro e os dados consolidados do ano de 2007.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)