Mercado segue passos externos e dólar sobe

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - O mercado de câmbio emendou o segundo pregão consecutivo de alta em meio ao pessimismo e as incertezas que cercam a economia norte-americana. O dólar seguiu os passos externos e encerrou com ganhos de 0,34%, comprado a R$ 1,757 e vendido a R$ 1,759, mas chegou a subir mais de 1% na máxima do dia.

Novamente, foram monitorados dados econômicos dos Estados Unidos. Entre as notícias, a queda de 22 mil na semana passada nas solicitações pelo seguro-desemprego e recuou de 1,5% em dezembro na venda de casas pendentes. Além disso, o Banco Central Europeu manteve a taxa básica de juros em 4% ao ano e o Banco da Inglaterra reduziu em 0,25 ponto percentual, para 5,25% ao ano, em custo do dinheiro.

Neste começo de ano, a instabilidade internacional já tem seus reflexos no País. Depois de apurar entrada líquida de US$ 87,4 bilhões no ano passado, o fluxo cambial iniciou 2008 com perda de recursos. A saída de divisas em janeiro foi de US$ 2,357 bilhões. As operações financeiras, que envolve, por exemplo, transações em bolsas de valores, foram mais uma vez responsáveis pelo déficit. Em janeiro, os estrangeiros retiraram US$ 4,73 bilhões da Bovespa. Em contrapartida, os bancos reduziram suas posições compradas de US$ 7,332 bilhões no final de dezembro para US$ 2,790 bilhões no mês seguinte.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)