Lucro da Cisco cresce 20% no 1º sem fiscal

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - A maior fornecedora de infra-estrutura de rede para acesso a internet Cisco Systems registrou ganho de US$ 4,265 bilhões (US$ 0,68 por ação) durante seu primeiro semestre fiscal (agosto-janeiro), o que representa um aumento de 20% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O fabricante de equipamentos para redes de informática também informou hoje, após o fechamento da Bolsa de Nova York, que suas vendas atingiram US$ 19,385 bilhões, 16,6% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

De acordo com a empresa, o crescimento se deve à alta registrada em suas principais áreas de negócio, que estão permitindo à Cisco capitalizar a crescente penetração da internet no mundo todo.

Apenas durante o segundo trimestre de seu ano fiscal (novembro-janeiro), a companhia, com sede em San José (Califórnia), aumentou seus lucros em 7,23%, para US$ 2,060 bilhões (US$ 0,33 por ação), e seu faturamento cresceu 16,5%, para US$ 9,831 bilhões.

"A Cisco fechou um novo trimestre sólido, com fortes incrementos nas vendas e nos pedidos sobre uma ampla gama de mercados geográficos, de produtos e serviços ao cliente", assegurou o presidente e executivo-chefe da firma, John Chambers.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)