Índice deve registrar nova queda nesta quinta-feira

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - Após registrar forte desvalorização, em um movimento de ajuste técnico, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) deverá abrir a sessão desta quinta-feira novamente em queda. Quem indica a tendência é o Ibovespa com vencimento em fevereiro, que registrava perdas de 0,9%, aos 58.370 pontos, na Bolsa de Mercadorias & Futuro (BM&F).

Ontem, os principais índices de Wall Street chegaram a ensaiar uma recuperação, após a divulgação do aumento da produtividade da indústria norte-americana, porém não resistiram às declarações de Charles Plosser, do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) da Filadélfia, que demonstrou preocupação com a inflação e com o crescimento da economia dos Estados Unidos e recuaram pelo 3° dia consecutivo.

Nesta quinta-feira, os mercados aguardam a decisão do Banco Central Europeu (BCE) e Banco da Inglaterra sobre suas taxas básicas de juros. A expectativa é que o BCE mantenha inalterada sua taxa, em 4% ao ano (a.a), enquanto que a entidade monetária do Reino Unido deverá reduzir a taxa em 0,25 ponto percentual (p.p), para 5,25% a.a.

Os investidores também estarão de olho na agenda econômica desta quinta-feira, que traz a divulgação dos novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, vendas de casas pendentes e volume de crédito concedido ao consumidor norte-americano em dezembro.

Na Ásia, a Bolsa de Tóquio fechou em alta nesta quinta-feira, apesar dos contínuos temores sobre uma possível recessão na economia dos Estados Unidos. No restante da região, as principais praças acionárias não operaram hoje por conta do feriado local. Já na Europa, as bolsas de valores de Londres e Frankfurt também registravam queda nesta manhã.

(Vanessa Correia - InvestNews)