Desenvolvimento sustentável é discutido na Índia

SÃO PAULO, 7 de fevereiro de 2008 - O primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, deu início hoje à Cúpula sobre Desenvolvimento Sustentável de Nova Délhi. Este será o primeiro grande encontro desde o acordo climático de Bali.

"A mudança climática é uma grande preocupação e a Índia estará na primeira linha de batalha", disse Singh, ao afirmar que o aquecimento global representa uma "crise humana coletiva" que exige como resposta o "aumento da solidariedade".

Participam do evento em Nova Délhi os presidentes da Islândia e Maldivas, os primeiros-ministros da Dinamarca, Noruega e Finlândia, quatro ex-chefes de estado e de governo e 10 ministros.

O encontro, realizado anualmente, servirá para que os representantes políticos discutam os riscos das emissões poluentes, o aumento do nível do mar e os efeitos da mudança climática.

A conferência terá a duração de três dias e é organizada pelo Instituto de Energia e Recursos da Índia, dirigido por Rajendra Pachauri, que também lidera o Painel Intergovernamental para a Mudança Climática.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)