Ucrânia se torna 152º integrante do grupo

SÃO PAULO, 6 de fevereiro de 2008 - O presidente ucraniano Viktor Yushchenko e o diretor-geral da Organização Mundial de Comércio (OMC), Pascal Lamy, assinaram ontem o acordo de adesão do país à instituição. O acerto põe fim a 15 anos de árduas negociações entre os dois lados e transforma o país europeu no 152º integrante da OMC.

Com sua entrada na OMC, a Ucrânia espera acelerar o desenvolvimento de suas pequenas e médias empresas depois de ter negociado uma redução de suas taxas alfandegárias para as importações de serviços e bens industriais. O próximo objetivo do país é conseguir um acordo de livre comércio com a União Européia (UE), com quem a ex-república soviética já tem um acordo que implica a redução de seus direitos à exportação sobre algumas matérias-primas.

A entrada da Ucrânia será efetivada depois da ratificação do acordo pelo parlamento nacional em Kiev, em 4 de julho.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)