Preços de moradias avançam 2,3% em janeiro

SÃO PAULO, 28 de janeiro de 2008 - Os preços de moradias na Inglaterra e no País de Gales registraram neste mês o menor ritmo de crescimento desde a metade de 2006. Por outro lado, a média de tempo para a venda de uma propriedade atingiu a maior alta em sete anos.

A Hometrack, companhia de pesquisa do mercado imobiliário, informou que os preços das casas subiram 2,3% em janeiro deste ano, em comparação ao mesmo período de 2007. Já em relação a dezembro do ano passado, os custo das casas caíram 3%. A cifra de janeiro foi a menor desde junho de 2006.

Além disso, a Hometrack afirmou também que a média de tempo para vender uma casa aumentou de 8,3 semanas para 8,5 semanas - o maior período desde 2001, quando a pesquisa começou a ser realizada.

O estudo mostrou que o setor imobiliário na Inglaterra e no País de Gales está sofrendo uma retração, uma vez que o aumento da taxa básica de juros e a crise de crédito intimidam os compradores. O Banco da Inglaterra (BoE) cortou a taxa básica de juro em dezembro de 2007, para 5,5%, após uma série de aumentos. A expectativa dos investidores é que o banco promova novos cortes no juro a partir de fevereiro de 2008.

(Redação - InvestNews)