Governo anuncia medidas para combater inflação

SÃO PAULO, 28 de janeiro de 2008 - A Comissão Nacional de Reforma e Desenvolvimento da China anunciou novas medidas para conter a inflação nacional, após registrar alta anualizada de preços de 6,5% em dezembro de 2007.

O gigante asiático dará maior apoio ao setor primário, aumentará a oferta de produtos agrícolas e usará recursos nos mercados nacionais e internacionais para estabilizar os preços.

Além disso, por comunicado, a instituição afirmou que os custos da gasolina, gás natural, eletricidade, água, calefação e transporte público "seguirão congelados no futuro próximo".

O índice de preços ao consumidor (IPC) da China subiu 4,8% em 2007, muito acima das previsões das autoridades de aproximadamente 3%. A forte alta foi atribuída aos avanços nos custos do setor imobiliário (4,5%) e dos alimentos (12,3%).

As informações são do jornal China Daily.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais