Dívida externa é estimada em US$ 197,7 bi

SÃO PAULO, 28 de janeiro de 2008 - A dívida externa total somou US$ 197,7 bilhões em dezembro, segundo estimativa do Banco Central (BC), ou seja, aumento de US$ 1,5 bilhão em relação à posição estimada para novembro, infomou hoje a autoridade monetária. Desse total, US$ 155,2 bilhões correspondem à dívida de médio e longo prazos e US$ 42,5 bilhões, à dívida de curto prazo. Em dezembro, a dívida externa de médio e longo prazos caiu US$ 128 milhões, enquanto a de curto prazo aumentou US$ 1,6 bilhão.

Ainda em relação à posição de dezembro, os principais fatores de variação da dívida externa de médio e longo prazos foram os ingressos líquidos de buyer´s e supplier´s, US$ 543 milhões; de organismos internacionais e agências governamentais, US$ 155 milhões; e de empréstimos em moedas, US$ 335 milhões. Bônus e Notes apresentaram saídas líquidas de US$ 55 milhões e de US$ 1,1 bilhão, respectivamente. Estima-se, ainda, redução de US$ 50 milhões no estoque da dívida, decorrentes de variação por paridade.

Quanto à dívida de curto prazo, a variação em relação a novembro se deve ao aumento das obrigações em moedas estrangeiras dos bancos comerciais, US$ 2,4 bilhões e às saídas líquidas das operações de empréstimos e financiamentos, US$ 807 milhões.

(Redação - InvestNews)