Banco Agrícola dá prazo de três anos para lançar OPA

SÃO PAULO, 28 de janeiro de 2008 - O Banco Agrícola da China (ABC) lançará uma oferta pública de ações (OPA) em três anos, de acordo com uma declaração do presidente da entidade, Xiang Junbo, durante uma conferência. A meta é transformar a instituição em um banco mundialmente conhecido até 2012.

Se o processo de reconversão não tiver contratempos, o banco pode ser capaz de realizar operações internacionais em dez anos, a partir de 2017, afirmou Junbo. O ABC, uma das entidades financeiras mais presentes em áreas rurais do país, alcançou lucro de US$ 5,6 bilhões em 2007.

Outras três grandes instituições financeiras estatais, o Banco da China, o Banco de Construção e o Banco Industrial e Comercial da China, concluíram suas reformas e cotam suas ações nas bolsas de valores da China e de Hong Kong.

O ABC antecipou há meses que sua estréia no mercado de valores será em Xangai e não em Hong Kong, mercado mais maduro que o da China comunista, mas também mais sensível aos altos e baixos da economia internacional.

(Redação com agências internacionais - InvestNews)