PIB da UE cresce 3% no terceiro trimestre de 2007

Agência EFE

BRUXELAS - O Produto Interno Bruto (PIB) da União Européia (UE) cresceu 3% no terceiro trimestre de 2007 em relação ao mesmo período de 2006, contra 2,7% na zona do euro (grupo de países que adotaram o euro como moeda), segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Eurostat, escritório europeu de estatísticas.

Os dados, que revisam as estimativas realizadas pelo Eurostat em 30 de novembro, que atribuíam um crescimento de 2,7% à eurozona, mas de apenas 2,9% à UE.

Os números confirmam a aceleração que a economia européia registrou no terceiro trimestre em relação ao anterior, quando a alta tinha sido de 2,5% na zona do euro e 2,8% na UE.

Em relação ao trimestre anterior, a alta foi de 0,8% na zona do euro e no conjunto da UE, contra 0,3% e 0,5%, respectivamente, no segundo trimestre.

Entre os países com dados disponíveis, as maiores altas em relação ao ano anterior corresponderam a Lituânia (11,6%), Letônia (10,9%) e Eslováquia (9,4%).

Quanto aos componentes do PIB, o consumo das famílias cresceu 0,5% na zona do euro e 0,7% na UE, enquanto no trimestre anterior as duas áreas registraram alta de 0,6%.

O aumento dos gastos das administrações subiu 0,6% na eurozona e 0,5% no bloco, contra 0,1% registrado nas duas áreas no segundo trimestre.

Os investimentos aumentaram 1,2% e 1,5%, respectivamente, após terem caído 0,1% na eurozona e terem se mantido estáveis na UE no trimestre anterior.

As exportações cresceram 2,2% nas duas regiões (0,9% e 0,7% no período anterior) e as importações aumentaram 2,6% e 3,0% (contra 0,3% e 0,2%).

Em relação ao mesmo trimestre de 2006, a despesa das famílias registrou entre julho e setembro um crescimento de 1,6% na zona do euro e de 2,2% na UE; o gasto público, de 2,1% e 1,9%; e dos investimentos, de 4,7% e 5,3%.

As exportações registravam altas de 7,1% e 6,7%, e as importações, de 5,9% e 6,2%, respectivamente.

No terceiro trimestre de 2007, o PIB dos Estados Unidos cresceu a um ritmo de 2,8% em relação ao ano anterior, e o do Japão registrou alta de 2,0%.

Evolução da economia da zona do euro e na UE e em seus Estados-membros no terceiro trimestre de 2007, em relação ao trimestre anterior e ao mesmo período de 2006, em percentagem:

Zona do euro 0,8 2,7

UE 0,8 3,0

Bélgica 0,5 2,6

Bulgária -.- 4,5

R.Checa 1,4 6,1

Dinamarca 1,3 1,7

Alemanha 0,7 2,5

Estônia 1,6 6,5

Irlanda 1,4 3,9

Grécia 0,9 3,8

Espanha 0,7 3,8

França 0,8 2,2

Itália 0,4 1,9

Chipre 1,2 4,6

Letônia 2,8 10,9

Lituânia 5,2 11,6

Luxemburgo -.- -.-

Hungria 0,3 1,1

Malta -2,1 0,1

Holanda 1,8 4,2

Áustria 0,8 3,4

Polônia 1,2 5,8

Portugal 0,0 1,8

Romênia -.- 5,7

Eslovênia 1,6 6,3

Eslováquia 2,5 9,4

Finlândia 0,7 4,1

Suécia 0,6 2,6

R.Unido 0,7 3,3