Investidor segue atento ao ambiente internacional

SÃO PAULO, 9 de janeiro de 2008 - Os investidores continuam centralizando a atenção nos dados sobre a economia norte-americana. Indicadores confirmaram o agravamento da crise de crédito hipotecário, como a diminuição das vendas pendentes de imóveis e o aumento da procura por crédito ao consumidor. Diante da continuidade das incertezas sobre a economia dos Estados Unidos, os investidores globais devem continuar cautelosos e atentos aos indicadores econômicos.

Os comentários que os membros do Federal Reserve (Fed) farão hoje em público também centram as atenções dos investidores, uma vez que podem servir de parâmetro para os agentes financeiros consolidar ou minimizar a aposta de que o Fed partirá para um corte de 0,50 ponto porcentual na taxa de juro no fim do mês.

Internamente, as atenções seguem concentradas no encontro do ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, com integrantes da Comissão Mista do Orçamento para discutir os cortes nas despesas para compensar as perdas de arrecadação, com o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF).

Instantes atrás, o dólar comercial subia 0,51%, para R$ 1,769 na compra e R$ 1,770 na venda.

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)