Economia dos EUA continua dando tom aos negócios

SÃO PAULO, 8 de janeiro de 2008 - O foco dos investidores segue no cenário internacional e, lá, o clima de cautela e a volatilidade continuam dando o tom dos negócios, diante das incertezas que envolvem a crise do sistema hipotecário de alto risco dos Estados Unidos. Por aqui, o dólar abriu em queda e há pouco era cotado a R$ 1,755 na compra e a R$ 1,757 na venda, recuando 0,51%.

Diante da continuidade das incertezas sobre a economia dos Estados Unidos, os investidores globais devem continuar cautelosos e atentos aos indicadores econômicos e os discursos de autoridades dos bancos centrais das principais economias do globo. Ainda hoje, será divulgado o resultado das vendas pendentes de imóveis residenciais em novembro, que não deve sofrer variação. Neste sentido, será monitorado também os discursos do presidente do Federal Reserve (Fed) de Filadélfia, Charles Plosser e do presidente do Fed de Boston, Eric Rosengren.

De acordo com a Corretora AGK, no mercado interno, os ativos domésticos devem acompanhar os movimentos externos e, se as tensões se agravarem e a busca por ativos de menor risco se intensificar, o dólar pode voltar a oscilar entre os R$ 1,78 e R$ 1,80.

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)