BenQ anuncia estratégia para o mercado brasileiro

SÃO PAULO, 8 de janeiro de 2008 - Depois de encerrar 2007 com a rede de distribuidores consolidada e um acréscimo de 20% nas vendas de câmeras digitais no varejo brasileiro, a BenQ, uma das cinco maiores fabricantes mundiais de LCDs e projetores digitais, anuncia uma estratégia arrojada que inclui a busca de mais um distribuidor para a linha de mídias e outro especializado no segmento de áudio e vídeo para a venda de projetores.

"Também queremos consolidar as câmeras digitais BenQ como um produto de qualidade e design diferenciado no varejo e fortalecer nosso relacionamento com distribuidores e parceiros por meio de incentivos, treinamentos e campanhas promocionais", revela, em nota, Marcelo Café, diretor de vendas e marketing da BenQ Brasil.

O executivo destaca que, ao longo do ano, serão anunciados produtos diferenciados, com recursos sofisticados e tecnologias de última geração. "No mercado brasileiro faremos esforços extras na linha de câmeras digitais e projetores, com uma programação de lançamentos e promoções adequadas às necessidades e expectativas do usuário local", garante o executivo.

A estratégia faz parte da nova política mundial da BenQ que, em setembro, separou sua unidade de vendas e marketing da unidade fabril, que passou a chamar-se Qisda. Nesse novo cenário, a BenQ mantém seu escritório central em Taipei, Taiwan, e a Qisda Corporation, igualmente instalada em Taiwan, passa a ter como foco a produção tanto para a marca BenQ como também para terceiros.

O objetivo é que a BenQ esteja centrada em vendas e marketing, reforçando sua marca mundialmente, fazendo novas alianças estratégicas com parceiros e explorando outros segmentos de mercado. Enquanto a Qisda direciona seus esforços na produção.

(Redação - InvestNews)