Vale suspende embarques em Itaguaí para reforma

SÃO PAULO, 7 de janeiro de 2008 - A Companhia Vale do Rio Doce (Vale) anunciou que o terminal marítimo de Itaguaí, no Rio de Janeiro, ficará inoperante nos próximos dias para a conclusão dos reparos na estrutura de atracação causada por um acidente ocorrido em dezembro. A suspensão de embarques em Itaguaí representa uma perda média de aproximadamente 60 mil toneladas embarcadas de minério de ferro por dia para companhia.

Desde meados de dezembro, Itaguaí opera com limitações, uma vez que dois dolphins estavam com as estruturas comprometidas. A previsão é que somente no início de fevereiro, após o término das obras de recuperação, o terminal retorne a operar em condições normais.

Itaguaí, com capacidade de embarque de 25 milhões de toneladas anuais de minério de ferro, é o menor dos terminais marítimos para embarque de minério de ferro da Vale, que conta também com os terminais de Ponta da Madeira, no Maranhão, Ilha de Guaíba, no Rio de Janeiro, e o porto de Tubarão, no Espírito Santo.

(Redação - InvestNews)