Índice sobe 0,26%, sem indicadores relevantes

SÃO PAULO, 7 de janeiro de 2008 - A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera com volatilidade na sessão desta segunda-feira, na ausência de indicadores econômicos de relevância. Há pouco, a bolsa paulista registrava valorização de 0,26%, aos 61.192 pontos. O giro financeiro estava em R$ 1,05 bilhão.

Embora os dados do mercado de trabalho norte-americano, divulgados na última sexta-feira, tenham vindo bem abaixo do esperado pelos analistas - criação de 18 mil vagas em dezembro, ante uma expectativa de 70 mil, e taxa de desemprego de 5% - os números fizeram com que o mercado aumentasse sua aposta em um novo corte na taxa básica de juros, na próxima reunião de Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano).

Há pouco, os principais índices acionários norte-americanos confirmaram a tendência apontada pelos índices futuro e abriram a sessão em alta. Na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), o índice Dow Jones Industrial Average operava em alta de 0,27%, aos 12.835 pontos. O S&P 500 subia 0,3%, para 1.422 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq avançava 0,01%, para 2.504 pontos.

No front interno, sem indicadores norte-americanos programados para hoje, a Pesquisa Industrial Mensal Nacional centra a atenção dos investidores. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção industrial caiu 1,8% em novembro de 2007, frente a outubro, quando havia crescido 3,3%, na série com ajuste sazonal. Na comparação com novembro de 2006, houve expansão de 6,7%. Tanto o acumulado no ano (6%) como o acumulado nos últimos 12 meses (5,5%) foram superiores aos registrados em outubro (5,9% e 5,3% respectivamente).

Dentre os destaques positivos do Ibovespa estão Telemar PN, que subia 4,35%, a R$ 34,75; Telemar ON, que avançava 3,97%, a R$ 60,48; e Brasil Telecom ON, que registrava alta de 2,09%, a R$ 50,77. No sentido oposto, a unit da ALL caía 3,71%, a R$ 21,76; Lojas Americanas PN registrava desvalorização de 3,33%, a R$ 14,80; e Ipiranga Petroquímica PN recuava 3,28%, a R$ 25,31.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o Ibovespa com vencimento em fevereiro registrava alta de 0,21%, a 61.230 pontos.

(Vanessa Correia - InvestNews)