Petróleo tem alta após assassinato de Bhutto

Agência AFP

SÃO PAULO - As cotações do petróleo registravam alta nesta sexta-feira nas negociações eletrônicas na Ásia, após o assassinato da ex-primeira-ministra paquistanesa Benazir Bhutto.

O barril de "light sweet crude" para entrega em fevereiro ganhava 39 centavos a US$ 97,01, contra US$ 96,62 quinta-feira em Nova York.

Na quinta-feira, nos mercados americanos a cotação chegou a US$ 97,79, maior nível desde 26 de novembro. O Brent do Mar do Norte para entrega em fevereiro progredia 23 centavos a US$ 95,01.