Oi arremata licença para operar no interior de SP

SÃO PAULO, 27 de dezembro de 2007 - A Oi pagou R$ 110,250 milhões e arrematou hoje uma licença para operar telefonia celular no interior de São Paulo, em leilão promovido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O valor representa um ágio de 162,64% sobre o preço mínimo, que era de R$ 41,997 milhões.

A Oi já havia vencido a disputa por essa licença no leilão da chamada sobras de freqüências, realizada pela Anatel em setembro deste ano, em que a Unicel havia sido declassificada por erro de documentação. A Unicel entrou com um recurso no órgão, pedindo que o leilão fosse retomado para que pudesse entrar na disputa.

Dessa forma, a Unicel levou a disputa para mais de 17 lances, o que durou cerca de duas horas e meia e acabou por obrigar a Oi a pagar pela licença R$ 67,852 milhões a mais (em relação ao preço mínimo). Essa área do leilão compreende 519 municípios no interior paulista, com exceção da região de Franca.

Os lotes disputados hoje são de telefonia celular de segunda geração (2G), que é oferecida atualmente pelas operadoras.

(Silvia Regina Rosa - InvestNews)