Lançamento de ADR's nível 1 está nos planos do Daycoval

SÃO PAULO, 27 de dezembro de 2007 - O Banco Daycoval, especializado em middle market, planeja emitir American Depositary Receipt (ADR) Nível 1 até o primeiro semestre do ano que vem. 'O projeto ainda está embrionário, mas estamos estudando o lançamento destes papéis', afirma Carlos Alberto Lazar, superintendente de relações com investidores (RI) do Daycoval.

Trata-se de um dos tipos de ADR's cuja negociação é feita somente no mercado de balcão norte-americano, ou seja, não é possível efetuar oferta pública de ADR's nos Estados Unidos. A captação dos recursos levantados pela emissão dos papéis fica a cargo do banco depositário dos ADR's. 'Visamos elevar a liquidez das ações com a emissão de ADR's nível 1', ressalta o executivo.

Em 2007, as ADR's movimentaram pouco mais de US$ 3 trilhões, crescimento de 72% quando comparado com o mesmo período do ano anterior, de acordo com o Bank of New York Mellon, responsável pela custódia destes papéis. Neste mês, a instituição divulgou um comunicado destacando o desempenho de papéis de empresas com origem nos países que compõem o BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China).

Em junho deste ano, o Banco Daycoval disponibilizou ao mercado 55.082.712 ações preferenciais correspondentes à oferta primária e 798.031 ações preferenciais correspondentes à oferta secundária. Cada ação foi precificada a R$ 17,00, o que resultou em uma captação de R$ 1,09 bilhão, já com os lotes adicional e suplementar. No encerramento do pregão desta quarta-feira, a ação fechou negociada a R$ X, com valorização/desvalorização de X%.

Seis corretoras assistem às ações do Daycoval - Fator, USB, Goldman Sachs, Ágora Sênior, Bulltick e HSBC - sendo que cinco classificam as ações como 'compra'.

(Vanessa Correa - InvestNews)