Vendas em shopping crescem 12% no Natal

SÃO PAULO, 26 de dezembro de 2007 - As vendas nas lojas de shopping de todo o País cresceram entre 10 e 12% neste Natal, em comparação ao mesmo período do ano passado, conforme estimativas da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), divulgadas nesta quarta-feira. O presidente da entidade, Nabil Sahyoun, confirmou expectativas do setor de que o Natal de 2007 seria o melhor para o varejo dos últimos anos.

Sahyoun lembrou, que ao longo do ano o crédito farto e prestações alongadas, baixas taxas de juros para o consumo, aumento da renda, ampliação do emprego formal e a valorização do real já denotavam as perspectivas da boa performance do varejo.

O presidente da Alshop, projetando a performance econômica do setor no fechamento do ano, disse que em 2006 o faturamento real estimado foi de R$ 58,5 bilhões, e o nominal, de R$ 60,3 bilhões. Ajustado os valores acima para a inflação de 6,23% e para a taxa de crescimento de 5% de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2007, as vendas reais alcançaram o patamar de R$ 66,1 bilhões, e as nominais, R$ 68,4 bilhões, um crescimento em torno de 13,43% ante 2006.

Os valores englobam a abertura de 3.497 novas lojas em 22 novos shoppings abertos no ano, elevando o número de shoppings de 622 para 644 (crescimento de 3,54%) e o de lojas de 76.922 para 80.419 (crescimento de 4,55%).

A estimativa da Alshop para 2008 é de uma taxa de crescimento de 5%, nas lojas de shoppings o faturamento real deverá ser em torno de R$ 69,4 bilhões. Considerando a taxa de inflação de 4,2%, a projeção para o faturamento nominal sobe para R$ 74,7 bilhões.

(Redação - InvestNews)