Empréstimos concedidos crescem 3,1% em novembro

SÃO PAULO, 26 de dezembro de 2007 - Os empréstimos concedidos pelo sistema financeiro ao setor privado, considerados os recursos livres e direcionados, apresentaram expansão de 3,1% em novembro, alcançando R$ 890,1 bilhões. "Esse desempenho refletiu o estímulo adicional da demanda de crédito por parte do setor produtivo em face do aumento sazonal dos negócios", segundo a nota sobre Política Monetária e Operações de Crédito do Sistema Financeiro divulgada hoje pelo Banco Central (BC). Nesse sentido, além do crescimento de 2,4% registrado nos empréstimos a pessoas físicas, vale destacar alta de 3,9% nos financiamentos contratados com a indústria (saldo de R$ 205,1 bilhões) com ênfase para os setores de energia elétrica, metalurgia e automóveis.

O crédito destinado ao segmento de outros serviços aumentou 4% em novembro, somando R$ 148,1 bilhões, com destaque para energia e telefonia. Os empréstimos concedidos ao comércio totalizaram R$ 94,7 bilhões, representando acréscimo mensal de 3,7%, em especial para o segmento varejista.

Os financiamentos contratados com o setor rural totalizaram R$ 88,3 bilhões em novembro, com incremento de 2,1% face outubro, refletindo, principalmente, a demanda de recursos para o custeio da safra. As operações de crédito destinadas ao segmento habitacional cresceram 2,1% no mês, somando R$ 44,4 bilhões.

As operações contratadas com o setor público somaram R$18,6 bilhões, registrando aumento de 1,8% no mês. Os financiamentos direcionados aos estados e municípios cresceram 2,2% no mês, totalizando R$15 bilhões, enquanto a dívida bancária do governo federal, R$3,7 bilhões, apresentou estabilidade no mês, devido, especialmente, a liquidações dos ramos de energia e petróleo.

(Redação - InvestNews)