Após oitos altas, índice perde forças e cai 0,23%

SÃO PAULO, 7 de dezembro de 2007 - Após oito altas consecutivas, que levaram à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) a registrar seu 42º recorde consecutivo, os investidores atuaram na ponta vendedora na segunda etapa dos negócios nesta sexta-feira. A bolsa paulista registrou queda de 0,23%, aos 65.639 pontos. Durante o dia, o índice chegou a 66.529 pontos, registrando recorde no intraday. O giro financeiro foi de R$ 5,85 bilhões.

Para Edison Marcellino, diretor da Finabank Corretora, o dia foi de realização de lucros principalmente para Petrobras e Vale do Rio Doce que subiram forte nos últimos dias. ´A Bovespa, como um todo, esticou muito. Não há como sustentar uma valorização durante muito tempo´, afirma.

Na quinta-feira, a Petrobras anunciou a descoberta de novos reservatórios de gás natural ao norte do campo de Camarupim, na Bacia do Espírito Santo, com a perfuração do poço pioneiro 4-ESS-177 e do poço exploratório 6-ESS-168. De acordo com comunicado da empresa, ´a descoberta confirma o grande potencial de gás e óleo leve dessa bacia, que deve resultar no aumento dos volumes recuperáveis esperados para essa área, que já responde por parte substancial dos projetos de produção do Plano de Antecipação da Produção de Gás (Plangas)´. A ação preferencial da Petrobras, que chegou a operar em alta de 4,8%, encerrou o dia com perdas de 0,55%, a R$ 80,20.

No front externo, o destaque foi a divulgação do Relatório de Empregos norte-americanos. De acordo com o Departamento do Trabalho, o número de empregos criados em novembro foi de 94 mil enquanto que no mesmo período do mês anterior o número havia sido de 170 mil, já revisado. Analistas esperavam um número próximo a 70 mil para o mesmo período. ´Embora os dados tenham vindo fortes, acredito que isso não mudará a percepção com relação ao corte do juros norte-americanos´, diz Marcellino.

Na próxima terça-feira (11) o Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) se reunirá para decidir o futuro da taxa básica de juros norte-americana. Os mais otimistas acreditam que a entidade monetária promoverá uma redução de 0,5 ponto percentual, o que levaria a taxa a 4% ao ano (a.a).

Dentre os destaques positivos do Ibovespa estão Gol PN, que avançou 8,01%, a R$ 48,50; Gafisa ON que registrou ganhos de 5,94%, a R$ 35,65; e Pão de Açúcar-CBD PN, que subiu 5,89%, a R$ 33,25. No sentido oposto, Eletrobrás ON caiu 4,24%, a R$ 25,51; Eletrobrás PNB, com queda de 3,23%, a R$ 25,40; e Aracruz PNB, com desvalorização de 2,27%, a R$ 13,74.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o Ibovespa com vencimento em dezembro registrou queda de 0,21%, a 65.710 pontos.

(Vanessa Correia - InvestNews)