Empresas apostam em fibra para elevar vendas

SÃO PAULO, 28 de novembro de 2007 - As pesquisas da Dow Chemical para desenvolver uma fibra de alta performance com maior resistência a produtos químicos e a temperaturas elevadas podem levar empresas têxteis a uma nova realidade de negócios no Brasil. Este é o caso da tecelagem Santaconstancia, que em parceria com a Dow Brasil desenvolveu o tecido Acquos, utilizado na linha XDSKIN da Speedo voltada para triatletas.

Há menos de um mês no mercado, o produto tem se mostrado uma aposta correta das três empresas, destaca o diretor de varejo da Speedo, Renato Hacker. ´Não temos números exatos, mas podemos dizer que a nova linha surpreendeu e em pouco tempo já apresentou giro semelhante a outros produtos já consolidados no mercado´, revela.

A linha XDSKIN é composta por sete modelos de maiô, sunquini, sunga, regata, body e bermuda de treino masculina e feminina. O principal foco destes produtos são os atletas e praticantes de atividades de triathlon (que une o ciclismo, a corrida e o nado), um universo projetado em 300 mil pessoas apenas no Brasil.

Além disso, as empresas acreditam que o novo produto possa conquistar o gosto de adeptos de apenas um dessas modalidades esportivas, o que elevaria para mais de 3 milhões de pessoas o potencial público da nova linha da Speedo.

A XDSKIN é desenvolvida a partir do Acquos, um tecido feito com uma combinação de 76% de poliamida e 24% de Dow XLA. A principal diferenciação do produto é a maior durabilidade das peças ao cloro, aos raios UV, à água do mar e da piscina e aos protetores solares, o que garante maior durabilidade ao material.

(André Magnabosco - InvestNews)