China Netcom quer que Telefónica aumente a sua participação

Agência EFE

HONG KONG - A China Netcom Group Corp anunciou que sua firma matriz, controlada pelo Estado, poderia arrecadar fundos com uma venda de ações da Netcom à espanhola Telefónica.

- Incentivamos a Telefónica a aumentar sua participação em nossa companhia logo que for possível, mas ainda não marcamos uma data para isso - comentou Zhang Chunjiang, presidente da Netcom e da China Network Group, que controla 69,9% da empresa, em declarações ao jornal 'South China Morning Post', de Hong Kong.

A Telefónica, com uma participação de 5% na China Netcom, a menor das duas operadoras de telefonia fixa da China, é a única investidora estrangeira na empresa.

Atualmente, a China Netcom sofre uma forte concorrência das operadoras de celular China Mobile e China Unicom. Vários de seus clientes substituíram suas linhas fixas por serviços de telefonia celular.