Lucro do Pine avança 214% no trimestre

SÃO PAULO, 30 de outubro de 2007 - O Banco Pine registrou lucro liquido de 44,3 milhões no terceiro trimestre deste ano, volume 214,1% maior quando comparado com os R$ 14,1 milhões registrados em igual período do ano anterior. No acumulado do ano, a instituição obteve lucro líquido de 116,1 milhões - já excluindo as despesas com o IPO - crescimento de 182,2% em relação ao período de janeiro a setembro de 2006.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE) passou de 27,5% no terceiro trimestre do ano passado para 25,7% no mesmo período deste ano, excluindo despesas com o IPO.

A carteira de crédito total, incluindo os créditos cedidos e fianças, superou os R$ 3,8 bilhões em 30 de setembro deste ano, crescimento de 35,8% no trimestre e 129% nos últimos 12 meses. A originação de operações de crédito corporativo foi de R$ 1,4 bilhão no terceiro trimestre deste ano, um incremento de 176,3% nos últimos 12 meses. A originação de operações de crédito consignado também cresceu consistentemente, atingindo R$ 789,8 milhões nos nove primeiros meses de 2007 contra os R$ 396,2 milhões registrados em igual período de 2006 - avanço de 99,3% no período.

As despesas para provisão para crédito de liquidação duvidosa nos nove primeiros meses deste ano apresentaram crescimento inferior ao avanço apresentado pela carteira de crédito, indicando fortalecimento na qualidade da carteira de credito.

Em setembro deste ano, o índice de Basiléia do Pine atingiu 17,6% enquanto que no mesmo período de 2006, o índice estava em 16,3%. O Banco Central (BC) exige um limite mínimo de 11%,

Segundo a instituição financeira, os resultados decorreram do maior volume de crédito, melhora da eficiência e maior oferta de produtos complementares.

(Vanessa Correia - InvestNews)