Dólar segue tendência e recua para R$ 1,762

SÃO PAULO, 29 de outubro de 2007 - O dólar segue a tendência de queda dos dois últimos pregões e se mantém no menor nível desde abril de 2000. No final da manhã, a divisa estrangeira recuava 0,45%, vendida a R$ 1,762.

O encontro do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) concentra atenções. A expectativa consensual é de que o juro básico americano será cortado em, pelo menos, 0,25 ponto percentual, ampliando assim a diferença entre as taxas praticadas no Brasil. Essa possibilidade faz com que a entrada de recursos aumente.

Em Wall Street, a perspectiva de queda do juro impulsiona as bolsas de valores, com Dow Jones subindo 0,30%, Nasdaq 0,21% e S&P 0,20%, puxando consigo à alta para 65 mil pontos da Bovespa.

O bom humor com a operação de abertura de capital (IPO) da Bovespa, que bateu recorde no País, com seus papéis subindo 52% na estréia, também colabora com o viés positivo dos negócios. Na mínima, o dólar caiu a R$ 1,761.

Entre as notícias, o boletim Focus mostrou revisões para baixo nas projeções de inflação, câmbio e saldo comercial.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)