Amorim discute na Suíça reforma das Nações Unidas

Agência Brasil

BRASÍLIA - O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, discute nesta segunda-feira e na terça-feira, na Suíça, temas de interesse dos dois países, como comércio, investimentos, cooperação científica e tecnológica e biocombustíveis. Deverão ser tratados também temas de interesse global, como a reforma das Nações Unidas, negociações da Rodada Doha (sobre subsídios agrícolas) da Organização Mundial do Comércio (OMC), mudança do clima, desarmamento e a situação no Oriente Médio.

De acordo com informações da assessoria do Ministério das Relações Exteriores, o ministro terá reuniões em Berna com a presidente da Confederação Suíça e Chefe do Departamento Federal de Assuntos Estrangeiros, Micheline Calmy-Rey; com o vice-presidente da Confederação e Chefe do Departamento Federal do Interior, Pascal Couchepin; e com a chefe do Departamento Federal de Economia, Doris Leuthard.

Celso Amorim vai inaugurar, juntamente com Leuthard, a primeira reunião da Comissão Mista Brasil-Suíça de Relações Econômicas e Comerciais. Criado em fevereiro deste ano, a comissão tem o objetivo de intensificar os fluxos de comércio e investimentos entre os dois países.

Segundo o Ministério das Relações Exteriores, em 2006 a corrente de comércio bilateral totalizou cerca de US$ 2,1 bilhões, com exportações brasileiras de US$ 845 milhões, 58% a mais do que no ano anterior. As importações totalizaram US$ 1,3 bilhão. De janeiro a setembro de 2007, as exportações alcançaram US$ 866 milhões. Os principais produtos exportados foram alumínio e pasta química de madeira e os principais artigos de importação foram produtos farmacêuticos.