Índice mantém alta e opera acima dos 63 mil pontos

SÃO PAULO, 9 de outubro de 2007 - Durante quase toda a manhã, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operou em alta, levando o índice acima dos 63 mil pontos. É a primeira vez que a bolsa paulista atinge esse patamar. Há pouco, o Ibovespa operava em alta de 1,23%, aos 63.434 pontos. O giro financeiro estava em R$ 2,51 bilhões.

Às 15h (horário de Brasília), o Federal Reserve (Fed) irá publicar a última ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc), dos Estados Unidos, que poderá indicar um novo corte na taxa básica de juros norte-americanos. Com essa expectativa, as principais praças acionárias mundiais operam em alta nesta segunda-feira levando a reboque a Bovespa. Na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE, na sigla em inglês), o índice Dow Jones Industrial Average operava em alta de 0,22%, aos 14.074 pontos. O S&P 500 subia 0,25%, para 1.556 pontos. E na bolsa eletrônica, o índice composto Nasdaq avançava 0,18%, para 2.792 pontos.

No mercado interno, os papéis preferenciais da Companhia Vale do Rio Doce também contribuem com a valorização da Bovespa. Instantes atrás, as ações da companhia registravam alta de 3,13%, a R$ 52,90.

Outro ponto relevante foi o início da temporada de divulgação de balanços, com os dados referentes ao terceiro trimestre da Aracruz. A empresa apresentou redução de 5,8% em seu lucro líquido quando comparado com o mesmo período do ano passado. O resultado foi impactado pela desvalorização do dólar frente ao real. No início da tarde, as ações da Aracruz PNE registravam desvalorização de 1,23%, a R$ 13,58.

Entre as maiores altas registradas pelo Ibovespa estão os papéis da Perdigão ON, que subiam 5,2%, a R$ 44,70; Sadia PN, que registravam ganhos de 3,95%, a R$ 11,57; e Gol PN, com valorização de 3,57%, a R$ 46,30. No sentido oposto, as ações da CCR ON caíam 4,09%, a R$ 37,20; Duratex PN recuavam 3,58%, a 55,74; e Natura ON perdiam 3,27%, a R$ 24,19.

Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o Ibovespa com vencimento em outubro registrava alta de 1,34%, a 63.590 pontos.

(Vanessa Correia - InvestNews)