Research in Motion fatura US$ 1,3 bi no 2o trimestre

SÃO PAULO, 8 de outubro de 2007 - A Research In Motion Limited (RIM), fabricante dos smartphones BlackBerry e líder mundial em comunicação móvel, divulgou seus resultados financeiros do segundo trimestre fiscal, encerrado em 1 de setembro de 2007. O faturamento do segundo trimestre do ano fiscal de 2008 foi de US$ 1,37 bilhão, 27% acima do US$ 1,08 bilhão registrado no trimestre anterior e 108% acima dos US$ 658,5 milhões do mesmo período do ano anterior. A receita do trimestre ficou dividida em aproximadamente 78% para a venda de aparelhos celulares, 15% para serviços, 4% para software e 3% para outros segmentos. Cerca de 1,45 milhão de novas contas de assinantes de BlackBerry foram acrescentadas no período e mais de 3 milhões de dispositivos foram fornecidos. A base total de contas de assinantes dos smartphones BlackBerry no fim do segundo trimestre foi de aproximadamente 10,5 milhões.

"Os resultados da RIM no segundo trimestre foram excepcionalmente fortes em todas as métricas, incluindo faturamento, acréscimo de contas de assinantes e lucro líquido", disse Jim Balsillie, Co-CEO da RIM em nota. "Este crescimento é fomentado pela abrangência de nossa linha BlackBerry e pela diversificação contínua do nosso negócio em segmentos de mercado e regiões geográficas. Com mais de 10 milhões de contas de assinantes de BlackBerry e mais de 20 milhões de aparelhos celulares fornecidos, estamos satisfeitos com nossa posição no mercado hoje e esperamos que iniciativas recentes para produtos e mercado estendam o bom momento do nosso negócio ao restante do ano fiscal."

O lucro do trimestre foi de US$ 287.7 milhões, ou US$ 0.50 por ação diluída, em comparação ao lucro de US$ 223,2 milhões, ou US$ 0,39 por ação diluída, do trimestre anterior e ao lucro de US$ 140,2 milhões, ou US$ 0,25 por ação diluída, do mesmo trimestre do ano passado. O lucro por ação reflete o desmembramento de ações de 3 para 1 implementado no trimestre.

O faturamento do terceiro trimestre do ano fiscal de 2008, que se encerra em 1 de dezembro de 2007, deverá ficar na faixa de US$ 1.60 bilhão a US$ 1.67 bilhão. Cerca de 1,65 milhão de novas contas de assinantes deverão ser acrescentadas neste período, quando o lucro por ação diluída deverá ser de US$0.59 a US$0.63.

O total de caixa, investimentos altamente líquidos e investimentos de curto e longo prazo foi de US$1.73 bilhão até 01 de setembro de 2007, em comparação a US$1.56 bilhão no fim do trimestre anterior, um aumento de US$166 milhões. A utilização de caixa no trimestre incluiu gastos de capital de aproximadamente US$79 milhões.

(Redação - InvestNews)