Produção e venda de caminhões já é recorde em 2007

SÃO PAULO, 8 de outubro de 2007 - O ano de 2007 ficará marcado na história como o período de maior venda e produção de caminhões no Brasil. Essa indústria bateu recorde ao aumentar a produção em quase 30%, alcançando quase 100 mil unidades, frente às 74,5 mil unidades produzidas no ano.

O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) Jackson Schneider, diz que o excelente resultado está ligado a três pontos: aumento de crédito, redução da taxa de juros e prazos de financiamento extendidos. Ele lembra que outras atividades como o agronegócio e as demandas dos setores de cana-de açúcar, mineração e construção, também colaboraram para a expansão do segmento.

A mesma opinião tem o presidente da Volkswagen Caminhões, Roberto Cortes, que cita atividades industriais como um dos motivos do crescimento do uso de caminhões. Cortes diz que a mudança do comportamento dos clientes também influenciou no aumento das vendas. ´O comprador mudou o pensamento. Hoje ele faz compras futuras. Já temos pedidos antecipados para daqui dois anos.´

Cortes, no entanto, conta que a expansão poderia ser maior se os caminhoneiros tivessem mais acesso ao crédito. ´A venda direta para o caminhoneiro representa de 15% a 20% do mercado. Se eles pudessem renovar a frota com mais freqüência, o crescimento poderia ser maior.´

(Sérgio Toledo - InvestNews)