IBGE: Estiagem não chegou a afetar estimativa de safra até setembro

Agência Brasil

RIO - A estiagem prolongada que ainda afeta diversas regiões do país não chegou a afetar a estimativa total de setembro da safra agrícola 2007, que prevê uma colheita de 133,3 milhões de toneladas, 14,0% maior do que a do ano passado.

O resultado da pesquisa mensal Levantamento Sistemático da produção Agrícola , realizada em setembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) traz índices próximos aos estimados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), segundo o técnico do órgão, Paulo Renato.

Segundo ele, a estiagem, que se agravou no final do primeiro semestre, quando as culturas de verão já estavam colhidas, afetou somente algumas regiões e ficou para as culturas de segunda safra e de inverno.

- Na verdade, elas não pesam tanto na produção. Para ter uma idéia, soja e milho que são as culturas principais dessa safra de grãos, representam cerca de 80 % da produção e passaram um verão normal.O problema é para o milho segunda safra, cuja queda já está computada no Mato Grosso, e o trigo, que sofreu um pouco no Paraná, mas em outros estados, como o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, não gerou tantos prejuízos, por [ser plantado] mais tarde .

O resultado de setembro é 0,3% menor do que o de agosto. A variação entre os resultados setembro/agosto pode ser verificada no desempenho de quatro culturas: aveia em grão (-1,2%) cevada em grão (-8,7%) milho em grão segunda safra (-2,8%) e trigo em grão (+0,7%). As condições climáticas, como geadas e estiagens no Paraná, contribuíram para a queda de produção da aveia e da cevada, culturas que tiveram naquele estado ajustes na produtividade (-3,3% na aveia e 15,15 na cevada).

A estiagem também provocou decréscimo na produção de milho em grão segunda safra (-9,6%) na Bahia e em Mato Grosso, onde ocorreu um recuo de 8,3% nos dados finais da colheita da safra.

Entre os 25 produtos pesquisados no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de setembro, 17 demonstraram ampliação na estimativa de produção, entre eles: algodão herbáceo em caroço, amendoim em casca segunda safra, batata inglesa segunda safra, cacau em amêndoa, cana-de-açúcar e trigo em grão. A previsão é que a região Sul produza a maior parte da safra, seguida pelo Centro-Oeste, Sudeste, Nordeste e Norte.

A área plantada este ano manteve o mesmo patamar de 2006, o total de 45,5 hectares, a maior parte ocupada pela soja e o milho, com 20,6 milhões e 13,8 milhões de hectares, respectivamente.