Brasil responde por 60% da impressão da AL

SÃO PAULO, 8 de outubro de 2007 - Uma pesquisa da consultoria IDC aponta que o Brasil respondeu por 60% dos serviços de outsourcing de impressão da América Latina contratados em 2006. No ano passado, as empresas instaladas no País somaram 10,7 bilhões de páginas impressas neste perfil de serviço, o que equivale a uma expansão de 28,8% em relação a 2005, ano em que o Brasil respondeu por 42,5% do mercado latino-americano de outsourcing de impressão.

Para o analista da IDC responsável pelo estudo Latin America Printing Outsourcing 2007, Luciano Crippa, os resultados do setor servem para consolidar a posição de referência do País neste mercado o que, por sua vez, não significa que as empresas brasileiras deixaram de investir para ampliar sua presença em outros países. "Nosso país começa a ganhar destaque mundial, com muitas empresas multinacionais que iniciaram a contratação dos serviços no Brasil replicando operações de roll-out's entre suas subsidiárias localizadas na região", afirma. "O crescimento acima de dois dígitos indica justamente ser um mercado em ascensão, porém não estabilizado", completa.

Segundo o IDC, o crescimento brasileiro em outsourcing de impressão sinaliza que o Brasil já avançou substancialmente na aquisição de TI para redução de custos e passa a focar, agora, na procura pela terceirização dos processos de negócios.

(Redação - InvestNews)