Bovespa pode captar até R$ 5,32 bilhões

SÃO PAULO, 5 de outubro de 2007 - A Bovespa Holding, administradora da Bolsa de valores de São Paulo (Bovespa) anunciou os termos de sua oferta pública secundária de ações ordinárias. A companhia disponibilizará ao mercado 250.492.283 ações ordinárias.

Os papéis da Bovespa Holding serão listados no Novo Mercado da Bovespa, mais exigente nível de governança corporativa da bolsa paulista, sob a sigla BOVH3. Os coordenadores líderes da oferta - os bancos de Investimentos Credit Suisse e Goldman Sachs - estimam que o preço possa ser de até R$ 18,50, movimentando cerca de 4,63 bilhões. Considerando a opção de lote Suplementar de ações, a companhia pode captar até R$ 5,32 bilhões. Caso o montante seja confirmado, o IPO (Oferta Publica de Ações, em inglês) da Bovespa Holding irá superar os R$ 4 bilhões movimentados pela Redecard que, até então, é a maior captação dos últimos quatro anos.

Destaque para o preço dos papéis que será fixado após efetivação dos pedidos de reservas e a conclusão do procedimento de bookbuilding (leilão fechado no qual os participantes não têm acesso às ofertas dos demais durante sua realização). O período de reserva das ações da Bovespa Holding irá de 15 a 23 de outubro.

De acordo com o procedimento de distribuição, será realizado duas ofertas distintas: oferta de varejo (para investidores pessoa física e jurídica, desde que não sejam considerados investidores institucionais, e clubes de investimentos registrados na Bovespa) e oferta institucional (para investidores institucionais).

As ações da Bovespa Holding começarão a ser negociadas na Bovespa dia 26 de outubro.

(Vanessa Correia - InvestNews)