Clima positivo faz dólar cair 0,89%

SÃO PAULO, 20 de agosto de 2007 - O dia começa com um viés positivo e a agenda fraca de indicadores pode manter o clima assim nas principais praças financeiras, favorecendo nova rodada de recuperação do dólar. Há pouco, a moeda estrangeira cedia 0,89%, para R$ 2,006 na compra e R$ 2,008 na venda.

Mas analistas lembram que a volatilidade não está descartada, diante das incertezas com o crédito. As condições de liquidez e as notícias de empresas ligadas ao segmento do subprime continuam definindo os preços dos ativos financeiros globais. "Podemos ter alguns dias de calma, mas a aversão ao risco ainda não acabou", comentou um profissional, ressaltando que o problema de liquidez não foi resolvido e que os bancos centrais continuarão injetando dinheiro nos mercados.

O surpreendente corte da taxa de redesconto bancário pelo Federal Reserve na sexta-feira, segue ecoando nos mercados, também estimulados pela expectativa de que a ação do BC dos EUA não será insular e deve ser acompanhada de cortes nas taxas básicas de juros naquele e em outros países.

No noticiário doméstico, foi divulgado que a balança comercial ficou positiva em US$ 673 milhões na terceira semana do mês, elevando o acumulado no ano para US 25,648 bilhões.

(Simone e Silva Bernardino - InvestNews)