Pista de Guarulhos sofrerá interdição de dois meses

SÃO PAULO, 17 de agosto de 2007 - O presidente da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero), Sérgio Gaudenzi, disse hoje que a pista principal do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, deverá ficar interditada entre 50 e 70 dias, para a conclusão da primeira etapa de sua reforma, a ser iniciada na semana que vem. Nessa fase, os 1,4 mil metros da parte central da pista passarão por reparos.

Segundo Gaudenzi, a interdição, inicialmente prevista para janeiro, foi antecipada para evitar o fechamento durante o período de férias e para que as obras não coincidissem com o período de chuvas.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Defesa, a segunda etapa da obra, prevista para começar em 11 de outubro, interditará um trecho de 1,7 mil metros, sendo que 1,3 mil serão reformados, e o restante será mantido como área de escape.

Os outros 2 mil metros ficarão livres para pousos e decolagens. Após a conclusão dessa fase, prevista para 30 de novembro, as obras serão suspensas, e a pista voltará a operar em toda a sua extensão.

As informações são da Agência Brasil.

(Redação - InvestNews)