Crise dos EUA não deve afetar fundos brasileiros

SÃO PAULO, 17 de agosto de 2007 - O risco de uma recessão no mercado de crédito não deve afetar os fundos brasileiros, uma vez que são pouco alvancados e também não podem tomar empréstimo em bancos para relizar suas aplicações, afirma Rodrigo Bresser, gestor dos fundos e sócio da Bresser Asset Management.

Segundo Bresser, apesar do aumento da volatilidade nos mercados de juros, câmbio e renda variável, os fundos multimercado no Brasil foram pouco afetados. "Nossos fundos multimercado Bresser Hedge e Bresser Hedge Plus, com perfil mais agressivo não sofreram grande impacto com essa turbulência", diz.

Ele afirma, que por enquanto, os investidores estão observando com certa preocupação se haverá de fato uma crise de liquidez no mercado. "Por enquanto não tivemos resgates nos nossos fundos. Os investidores devem observar a evolução dos fundos para alterar suas posições", afirma.

(Silvia Regina Rosa - InvestNews)