Taxas continuam recuando na BM&F

SÃO PAULO, 8 de agosto de 2007 - A maioria das taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) continua sinalizando queda na segunda etapa dos negócios. Instantes atrás, o DI de janeiro de 2010 tinha taxa anual de 11,12%, ante 11,26% do último ajuste, após 216,7 mil transações e giro de R$ 16,8 bilhões. Janeiro de 2009 apontava taxa anual de 10,98%, contra 11,09% do ajuste, após 189,6 mil transações e giro de R$ 16,3 bilhões. Janeiro de 2008 apontava juro anual de 11,07%, contra 11,11% da véspera, com 105,4 mil operações (R$ 10,1 bilhões). Outubro deste ano, que embute as perspectivas para a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), apontava juro anual de 11,28%, mesmo do ajuste de ontem. Este contrato tinha 37,4 mil negócios fechados e giro de R$ 3,6 bilhões.

(Maria de Lourdes Chagas - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais