PF cumpre decisão e libera presos

SÃO PAULO, 8 de agosto de 2007 - A Polícia Federal (PF) informou há pouco que já estão em liberdade 12 dos 30 presos a quem o ministro Marco Aurélio de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus na noite de ontem (7). Às 20 horas de hoje (8), outros 11 alvarás de soltura eram averiguados. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Os beneficiados pela decisão do ministro foram presos preventivamente durante a Operação Furacão 2, em junho, para investigar crimes como corrupção e envolvimento com jogos ilegais.

Dos 36 nomes que constam da relação divulgada ontem pelo STF, seis já estavam em liberdade: Ailton Guimarães Jorge, Aniz Abrahão David, Antônio Petrus Kalil, Ana Cláudia Rodrigues do Espírito Santo e Luiz Carlos Rodrigues de Lima.

Segundo o delegado Antônio Carlos Rayol, da PF, 11 dos acusados foram soltos durante a madrugada de hoje. À tarde, a PF recebeu mais dois habeas corpus. Um dos presos, no entanto, permaneceu na cadeia porque responde a outro processo e tem contra si um mandado de prisão.

Mais cedo, a assessoria da 6ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro havia informado que a juíza Ana Paula Vieira de Carvalho já expedira os alvarás de soltura dos 30 presos e que a demora no cumprimento da decisão do STF se deve à necessidade de verificar se há outras denúncias contra os beneficiados.

As informações são da Agência Brasil.

(Redação - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais