MRV levanta R$ 1,19 bi com oferta

SÃO PAULO, 8 de agosto de 2007 - A MRV Engenharia, 20ª companhia do setor de imóveis e construção a chegar à Bovespa, movimentou mais de R$ 1,19 bilhão com sua oferta primária e secundária de ações. Ao todo, foram ofertados 45,9 milhões de papéis a R$ 26 cada. O montante incluiu o exercício integral do lote suplementar e o exercício parcial do lote adicional, utilizados para atender ao excesso de demanda.

A oferta primária compreendeu a emissão de 41.198.277 ações, que renderam cerca de R$ 1 bilhão para o caixa da companhia. Recursos que serão destinados à aquisição de terrenos, incorporação de novos empreendimentos, construção de empreendimento já lançados e capital de giro.

De acordo com o Anúncio de Encerramento, os 373 investidores estrangeiros participantes levaram 73% dos papéis ofertados. Os fundos de investimento ficaram com cerca de 17% das ações. E as 15.461 pessoas físicas compraram 7,24% do total distribuído. O free float da companhia ficou em 33,9%.

Os papéis começaram a ser negociados dia 23 de julho no Novo Mercado da Bovespa, sob o código MRVE3. Há pouco, o papel era negociado a R$ 30,51, alta de 0,36%. No dia de estréia, o papel chegou a subir mais de 17%.

A companhia acredita ser a maior incorporadora e construtora brasileira no segmento popular. Com 27 anos de atuação, a MRV indica poder combinar elevada margem e preço médio de venda bastante competitivo (preço médio de R$ 1.338 por metro quadrado nos últimos dois anos, valor 58% abaixo do preço médio averiguado entre as empresas listadas na Bovespa que divulgaram esta informação).

A MRV também tem destacada diversificação geográfica, atuando em 35 cidades em sete Estados (MG, SP, RJ, PR, SC, GO, ES e Distrito Federal). A companhia também acredita que o segmento de mercado em que atua é o mais beneficiado pelo aumento da disponibilidade de crédito para o setor imobiliário, pela redução da taxa de juros e pela melhora nas condições macroeconômicas do País.

Em todas as cidades onde atua, a MRV foca o desenvolvimento em três produtos direcionados para as Classes Populares: Linha Parque (área útil de 40 a 55 metros e preço máximo de venda de aproximadamente R$ 77 mil por unidade); Linha Spazio (área útil de 42 a 70 metros e preço de venda entre R$ 70 mil e R$140 mil) e Linha Village (área útil de 70 a 120 metros e preço de venda entre R$ 100 mil e R$ 220 mil). "Acreditamos que com esse modelo obtemos escala industrial de produção, o que nos proporciona elevado grau de especialização de processos, baixo custo de produção e qualidade diferenciada no segmento em que atuamos", destaca o prospecto.

O lucro líquido da MRV foi de R$ 3,34 milhões no primeiro trimestre desde ano, crescimento de 54% no comparativo anual. No período, as receitas mais que dobraram, totalizando R$ 61,5 milhões.

(EC - InvestNews)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais